Construção Civil - noções elementares


Cimento: endurece quando em contato com água; é muito importante observar seu prazo de validade (~3 meses!); cimento só endurece uma vez – não dá para reaproveitar.
Concreto: sua qualidade e resistência dependem totalmente da proporção usada entre cimento, areia, pedra e água - além do modo e tempo de preparo e aplicação.
Concreto armado: a ferragem completa a resistência do concreto onde necessário, especialmente nos pontos onde o esforço é de tração.
Argamassa: para cada uso deve ter uma proporção apropriada entre cimento, cal e areia.
Escadas: a largura somada a duas vezes a altura de cada degrau deve ficar em torno de 62 a 64 cm. Todos degraus devem ser iguais.
Madeira: apodrece quando sujeita a variação de umidade; sempre seca, ou sempre molhada, pode durar mais de cem anos.
Vento e Chuva: podendo ocorrer a qualquer momento, devem ser devidamente considerados no projeto, e durante toda a obra. São uma das causas mais comuns de acidentes em obras e edificações.
Aterro: deve ser feito com terra limpa (sem lixo, mato, etc.), um pouco úmida, bem compactada – em camadas, sobre terreno limpo (sem lixo, mato, etc.) e nivelado (em patamares).
Escavações: devem ser evitadas ao máximo. Geralmente podem ter várias e sérias implicações. São uma das causas mais comuns de acidentes em obras.
Muro de Arrimo: deve ter boa resistência e boa drenagem.
Broca: funciona como um prego na madeira – se a madeira for mole, precisa ser mais comprido ou mais grosso – se o solo for “ruim”, é a mesma coisa com a broca.
Calhas: são importantes p/ evitar erosão do solo onde a água cai do telhado; com caimento para não ficar água parada, devem ser cuidadas para não entupir.
Fiação: deve ser feita com bitola (espessura) adequada, conexões bem feitas, protegida por limitadores de corrente (fusíveis ou disjuntores). Quando envelhece, precisa ser trocada.
Juntas: separando partes da construção, devem ser feitas entre construções novas e antigas, entre partes de pesos desiguais, e ainda no máximo a cada 30 metros.
Laje pré: as vigotas são fabricadas sob encomenda, em função do tamanho, e de como e onde serão usadas.
Manutenção: essencial para a segurança, especialmente em partes “ocultas” como estruturas de telhado, porões, acima de forros, coberturas, impermeabilizações, drenagens, etc. Emperramentos, aquecimentos anormais em pontos de eletricidade, vazamentos, infiltrações, devem ser reparados o quanto antes.
Pintura: além do efeito estético, tem a importante função de impermeabilização, impedindo infiltrações, deteriorações, oxidações (ferrugem). Se executada com tempo úmido, perde qualidade e dura bem menos.
Peso: materiais de construção são pesados! - em média, 1m3 (uma caixa de 1m x 1m x 1m) pesa a mesma coisa que um carro, em torno de 1000 Kgf. Vários deles pesam o dobro, o triplo e até mais que isso!
Carga: de maneira geral, em edificações residenciais, a carga usual máxima é da ordem de 150 Kgf por m2 (1m2 é a área de um tapete de 1m x 1m).
Pressão da água: cada 10 m de altura de água equivalem a 10 toneladas por m2, ou 1 Kgf por cm2 – independentemente do volume.
Cálculos: geralmente feitos por um engenheiro ou arquiteto, determinam como fazer a construção de forma ideal, sem faltas nem excessos.
Alvenaria Estrutural: obra de alvenaria (blocos, etc. + argamassa), dimensionada e executada para funcionar como estrutura, sustentando os demais elementos de uma edificação. Geralmente feita de blocos de concreto especiais, com ou sem reforço de ferragens, muito utilizada atualmente, requer conhecimentos especializados para qualquer intervenção.

Leia também:

Dúvidas, Comentários, Sugestões, Críticas, Informação, Colaboração:

0 comentários:

Sothonprint

Blog Desenvolvido Por SothonPrint Identidade Visual