Defesa Civil de São José dos Campos conhece ações de São Bernardo



O sucesso das medidas preventivas da Defesa Civil de São Bernardo fez com que uma delegação de São José dos Campos visitasse a cidade na última quinta-feira (25) para conhecê-las. 

O objetivo da visita dos técnicos de São José dos Campos foi de conhecer novas técnicas para implantar na cidade. Dentre os programas apresentados, destacam-se a Operação Guarda-Chuva, o Plano Municipal de Redução de Risco, a remoção de famílias residentes em áreas de risco e a criação dos NUDECs.

Os técnicos ainda conheceram o funcionamento dos Núcleos de Defesa Civil (NUDECs), formados por pessoas que moram nas áreas de risco da cidade e que foram capacitadas para atuar em conjunto com a Defesa Civil na identificação de sinais de perigo. Atualmente são 11 NUDECs criados em São Bernardo, que contam com cerca de 140 voluntários.

Programas de prevenção de São Bernardo - A Operação Guarda-Chuva compreende um conjunto de medidas preventivas e de resposta em casos de desastres, abrangendo todo o município, durante o período chuvoso. Neste programa, destacam-se a eliminação preventiva de situações consideradas de risco muito alto – moradias situadas em encostas com risco de deslizamentos – e a ampla divulgação de informações para a autoproteção da população. Desde a implantação do programa, no final de 2010, a cidade não teve nenhum óbito causado por problemas causados pelas chuvas.

Outra importante medida apresentada foi o Plano Municipal de Redução de Riscos (PMRR), referência nacional e reconhecida com diversos prêmios, que possibilitou ao município de São Bernardo identificar e mapear, entre 2009 e 2010, 203 setores em 63 assentamentos precários com riscos de deslizamentos de terra, solapamento de margem de córrego, inundação e alagamento. Um dos resultados imediatos obtidos com a elaboração do PMRR foi a remoção, ainda em 2009, de 1,5 mil famílias que moravam em áreas consideradas de risco muito alto. Essas famílias foram inseridas no Programa Renda Abrigo e posteriormente encaminhadas para as novas moradias construídas pela Prefeitura.

Além da remoção das famílias, o PMRR passou a monitorar regularmente os locais de risco, buscando evitar novos problemas para as comunidades. Também foi recomendada a execução de obras estruturais para corrigir essas situações, como a contenção de encostas em locais que ofereciam risco às moradias.

"Entendemos que essa troca de informações é vital para os Departamentos de Defesa Civil de ambos os municípios. Temos uma experiência bastante exitosa em São Bernardo de Gestão de Riscos Urbanos, que deve sim ser referência para outras cidades. Os técnicos de São José dos Campos levaram daqui modelos de plano de contingências e material para implantação de NUDECS (Núcleos Comunitários de Defesa Civil) e saíram muito bem impressionados", disse o chefe de divisão da Defesa Civil.

0 comentários:

Sothonprint

Blog Desenvolvido Por SothonPrint Identidade Visual