Prefeitura capacita integrantes dos Núcleos de Defesa Civil


Alexandre Postigo
da redação
A Prefeitura realizou no sábado (9) a capacitação dos integrantes dos Núcleos de Defesa Civil (Nudecs). A atividade, que aconteceu no Centro de Reflexão do Trânsito (CRT), no Parque São Diogo, é preparatória para a Operação Guarda-Chuva, conjunto de ações preventivas e emergenciais da Administração municipal voltadas a evitar que as chuvas de verão causem a perda de vidas e danos ao patrimônio.

Os Nudecs, formados por voluntários da comunidade, tem como principal objetivo prevenir e reduzir a ocorrência de desastres como desabamentos de moradias em áreas consideradas de risco e escorregamentos de encostas.

Funcionando como um elo entre os moradores e o poder público, os integrantes dos Nudecs são capacitados a reconhecer sinais que indiquem risco - como rachaduras em casas - e atuar na comunidade preventivamente, por exemplo informando o poder público da situação. Eles também podem disseminar na comunidade informações sobre de que forma agir quando a chuva está muito forte e pode representar algum risco.

Durante a capacitação, além de contar um pouco da história da Defesa Civil no mundo e no Brasil, assim como sua importância e legislação específica, foi apresentando um panorama da situação do município em 2010, quando mais famílias estavam em localizadas em áreas de risco muito alto, e hoje, em que esse tipo de risco foi praticamente eliminado.

Coma parte da capacitação, também está prevista a realização de uma atividade prática com os voluntários em uma comunidade que apresente situações que podem resultar em desastres, que eles serão orientados a reconhecer.

Como explicou Luiz Antonio Neves Costa, chefe da Defesa Civil, a grande diminuição do número de situações de risco na cidade é resultado de um trabalho contínuo da Prefeitura, seja executando obras de contenção de morros, seja desapropriando moradias que poderiam desabar. Nesse último caso, as famílias retiradas podem passar a contar com o aluguel social da Prefeitura, o Renda Abrigo, ou passar receber um dos apartamentos dos conjuntos habitacionais que o poder público municipal está construindo em toda a cidade.

De acordo com Luiz Antonio, para que todas essas ações sejam bem realizadas é preciso o apoio dos integrantes do Nudecs. "Eles são nossos olhos dentro da comunidade. Eles conhecem a região, gozam da confiança da população e, uma vez capacitados, estão plenamente aptos a atuar dentro de suas atribuições", disse.

São Bernardo conta, hoje, com 11 Núcleos e cerca de 140 pessoas envolvidas. Para essa edição da Operação Guarda Chuva, serão criados mais dois: os Nudecs Pós-balsa e Lulaldo/Jardim Jussara/Jurubeba.

Para o subprefeito do Riacho Grande, presente à capacitação, a medida vem em boa hora. "Nós achamos de fundamental importância esse trabalho da Defesa Civil com os Nudecs se estender até a nossa região. Queremos que essa rede se fortaleça e possamos prever qualquer tipo de acidente", falou.

Edevaldo Braz Messias, 65 anos, morador da região do Pós Balsa, estava na capacitação e pretende fazer parte do Nudec que será criado na região. "Já atuo na comunidade e participar do Núcleo é importante para podermos ajudar nosso povo ainda mais", disse.

Até o lançamento da Operação Guarda-Chuva, no final deste mês, serão capacitados outros grupos envolvidos nas ações preventivas e emergenciais: Agentes Comunitários de Saúde, Guardas Civis Municipais e Agentes de Participação Cidadã. Os técnicos da Prefeitura também vão se reunir com moradores de todas as comunidades onde as condições de risco são mais agudas, orientando os moradores sobre como prevenir acidentes.

Dúvidas, Comentários, Sugestões, Críticas, Informação, Colaboração:

3 comentários:

www.universal.ganhardinheiroagora.com disse...

BOM DIA. GOSTARIAMOS MUITO QUE A DEFESA CÍVIL COLOCASSE PLACAS DE PROIBIÇÃO DE AVISO DE VENDA DE TERRENOS ILEGAIS NO GROTÃO DA VILA SÃO PEDRO DESDE JÁ AGRADECEMOS.

Anônimo disse...

Bom dia a todo o grupo de pessoas que faz parte da defesa civil de SBCampo, SP. Temos um canal onde possamos postar nossa indignação com certos setores responçavel por coebir determinado atos ilicitos em nossa sociedade a qual prezamos muito, e quando se faz uma denuncia deixam passar dias para ir até o local se certificar o que esta acontecendo, no caso de derrubada de parede de apartamento onde a cindica é convivente com ato e não tem autoridade para mandar parar com a reforma desse tipo. Se liga para defesa civil mandam uma pessoa como fiscal mais a refoma continua. É correto derrubar as paredes no apartamento, ligamos no 0800 e na defesa civil e não é tomada ás devidas providenças, tudo que se ouve na linha é que nós vamos ver o dia que podemos mandar um técnico para vistoriar a obra, até que chegue o técnico as parede ja foram derrubada comprometendo toda a estrutura da lagem, e agora no meu caso em particular o fiscal compareceu, mais a obra ilicita continua o que ha, é normal esse tipo de contravenção, podemos derrubar sem correr o risco de o prédio desabar, e 48 familia, crianças pessoas de idades, somando em media treis moradores por apartamento são 144 vidas humanas que ficarão soteradas ai sim vem o corpo de bombeiros que falaram que isso é a prefeitura que tem que tomar as providencias cabiveis, coferir os corpos ja sem vidas para colocar em estatistica, fica bem claro que voces autoridades não tem competença para resolver os desajuste de alguns cidadôes que age medindo força com a lei, e essas pessoais não sofrem punisões e obrigalas a repor as paredes de volta, isso esta acontecendo aqui na rua Frei Gaspar, 757 nos dois blocos do edificio, condominio Sabará.
Abraços Anônimo

Equipe da Defesa Civil de São Bernardo do Campo - SP disse...

Recomendamos proceder conforme indicado nas matérias "Evidências de Risco no Condomínio...", "Direitos de Vizinhanca...", "Obras Irregulares no Vizinho..." (veja no Índice). Conforme contato com a Síndica, no local, nesta data, a obra em execução no momento está sendo devidamente acompanhada por engenheiro.

Sothonprint

Blog Desenvolvido Por SothonPrint Identidade Visual