São Bernardo recebe ação regional contra o Aedes aegypti neste sábado


São Bernardo recebe na manhã deste sábado (30) a ação “ABC contra o Aedes”, esforço concentrado promovido pelo Consórcio Intermunicipal para orientar a população sobre como prevenir e eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti, trasmissor da dengue, zika e febre chikungunya. A atividade integra a Campanha Regional de Combate ao Mosquito da Dengue e é a primeira deste ano a contar com a participação das equipes técnicas dos sete municípios. 
A ação será realizada a partir das 9h na divisa entre São Bernardo (Rudge Ramos, Vila Vivaldi), Santo André (Vila Palmares, Sacadura Cabral) e São Caetano (bairros Mauá e Santa Maria). A esquina entre as ruas Afonsina e Ida Leone Cleto, ao lado da feira livre que ocorre aos sábados no bairro Rudge Ramos, será o ponto de concentração dos cerca de 700 trabalhadores da Saúde de toda a região que foram mobilizados para a iniciativa. Participam também o Corpo de Bombeiros, a União dos Escoteiros do Brasil/Região SP/Distritos do ABC, lideranças comunitárias e representantes da sociedade civil.
Serão montados seis estandes – próximo da feira livre e também nas ruas paralelas – que contarão com material informativo, tenda dos bichos (exposição de animais peçonhentos e do mosquito Aedes aegypti) e até a maquete de uma casa, que será usada para ilustrar quais são os pontos com risco de acumular água nas residências.
Agentes comunitários de saúde e de controle de zoonoses farão a distribuição de panfletos e squeezes (garrafas plásticas), além de vistorias casa a casa nos bairros de divisa das três cidades, com apoio dos escoteiros e da Defesa Civil. Haverá ainda carreata conduzida pelo Corpo de Bombeiros e formada pelos veículos oficiais das prefeituras. Um carro de som também percorrerá os municípios que recebem a mobilização, informando sobre a importância do envolvimento de toda a população na prevenção ao mosquito.
Em São Bernado, a atividade envolve outras áreas além da Saúde e tem a participação direta das secretarias de Serviços Urbanos, Segurança Urbana e Transporte e Vias Públicas. A secretária de Saúde, Odete Gialdi, reforça que ações de rotina desenvolvidas para combater o avanço do mosquito contam com a parceria permanente de toda a Prefeitura. “Todos estão mobilizados para impedir que a dengue, zika e febre chikungunya avancem. Desde a professora que na escola ensina seus alunos sobre a importância de não acumular água parada em casa e armazenar o lixo corretamente, até os trabalhadores dos canteiros de obras, que também nos ajudam a prevenir os criadouros. É importante que a população perceba também o quanto a contribuição de cada um é necessária para que a gente possa vencer essa guerra. E por isso mobilizações como essa, que somam esforços, são tão importantes”, avalia.
Devido ao elevado número de casos de dengue registrados no ano passado, São Bernardo intensificou as visitas domiciliares a partir de agosto, ainda no inverno – tradicionalmente, se iniciam em novembro, antes das chuvas intensas de verão. Com isso, os agentes de controle de zoonoses conseguiram fechar 2015 com o dobro de vistorias realizadas, no comparativo com o ano anterior. Foram 87 mil, contra 42 mil em 2014, esforço que rendeu a eliminação de 2.527 focos do mosquito na cidade.

As ações de rotina incluem o monitoramento regular de centenas de imóveis que registram grande circulação de pessoas, como Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e escolas, e também locais com potencial para acumular água parada, como borracharias, transportadoras, depósitos e cemitérios.
fonte: http://www.saobernardo.sp.gov.br

0 comentários:

Sothonprint

Blog Desenvolvido Por SothonPrint Identidade Visual